sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Noite..


Sabes porque estou aqui, sabes por que fui naquela noite.


Quando te vi aquele teu olhar que me lê o pensamento e sabe o porque de eu ali estar, o teu sorriso inconfundível. Aproximei-me e toquei-te na mão olhei-te nos olhos, olhei bem fundo dos teus olhos e sorri, não sei porque mas sorri, sorriste também ao ver me sorrir, tínhamos um olhar de cumplicidade. Vi que estavas magoada triste tinhas as marcas no teu rosto de todo esse sofrimento, passei a minha mão por ele e deixe ficar, aconchegaste o teu rosto a minha mão, fechas te os olhos, parecias sentir te tão protegida assim. Trocamos algumas palavras sempre olhos nos olhos, aproximei me de ti e abracei te fica mos assim imóveis durante algum tempo, senti o teu perfume o cheiro dos teus cabelos, encostei o meu rosto ao teu e senti a tua pele suave, não me perguntes por que o fiz, não sei o porque.

Ficamos ali ambas a olhar mo nos sem trocar uma palavra, então aproximaste te de mim e dizes te ao ouvido tudo aquilo que te passava no pensamento, ficas te mesmo à minha frente olhos nos olhos e beija mo nos, num beijo discreto com medo dos olhares.


Saímos dali, fomos para um lugar mais nosso.


É então que nos beijamos outra e outra vez, as mão juntaram-se e assim ficamos naquele silencio, olha mo nos e tocamos nos mutuamente e certo, as tuas mãos percorreram o meu corpo tal como as minhas o teu, a respiração acelerou e realizamos tudo aquilo que assim o desejamos. Acordo no outro dia ao teu lado e sorri ao ver te dormir tão calmamente, fico a olhar te, ate que acordas e sorris também.


Levanto-me tenho de partir, mas antes dou te mais um beijo também este para ficar na memoria no pensamento tal como todos os outros, tal como cada momento passado contigo. Só tenho mais uma coisa a dizer….



ADORO-TE…

Sem comentários: